Anuncie aqui

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Jovem morre após sofrer disparo acidental de arma de fogo no município de Caraúbas

Foto Whatssap
Uma jovem de 18 anos morreu após uma arma ser disparada acidentalmente na cidade de Caraúbas, na região oeste do Estado do Rio Grande do Norte, no início tarde desta sexta-feira (14). De acordo com informações o disparo pode ter sido acidental.

O acidente fatal que vitimou a jovem Raysla da Silva Costa, de 18 anos de idade, no São Paulo de Alípio, no bairro Leandro Bezerra, ocorreu quando ela estava com mais duas pessoas no quarto da residencia, os dois menores de idade e uma das adolescentes manuseava a arma quando ocorreu o disparo que atingiu Raysla no ouvido. A vítima não resistiu ao ferimento e morreu no local

A Polícia Militar foi acionada e pediu para fechar a porta da residência e aguarda a chegada da equipe do Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP) que fará a remoção do corpo para sede do órgão em Mossoró. O crime será investigado pelo delegado Erick Gomes, titular da Delegacia de Polícia Civil de Caraúbas.

Fonte da Informação Icém Caraúbas

Atualizado direto do G1 RN.
Uma jovem de 18 anos foi morta com um tiro no ouvido no início da tarde desta sexta-feira (14), em Caraúbas, no Oeste potiguar. De acordo com a Polícia Civil, a jovem estava na casa de um primo, no bairro Leandro Bezerra, quando foi atingida pelo disparo. A polícia suspeita que o disparo tenha sido acidental.
De acordo com o chefe de investigação da delegacia de Caraúbas, Alysson Godeiro, a vítima foi identificada como Raysla da Silva Costa. O fato aconteceu por volta do meio-dia. Além de Raysla, um casal de adolescentes estava na casa no momento do crime. Os dois fugiram com a arma.
Segundo Godeiro, os depoimentos iniciais indicam que a jovem e os adolescentes estavam em um dos cômodos da casa, manuseando uma arma. Ainda de acordo com Godeiro, de acordo com o relato da mãe do adolescente, o tiro teria sido acidental.
"As conclusões não podem ser tomadas a partir de agora, uma vez que o casal fugiu do local com a arma. Mas a versão que colhemos até agora é que teria sido acidental. O Itep Instituto Técnico de Perícia) está no caso e as perícias realizadas vão esclarecer melhor as condições em que esse homicídio aconteceu", disse o chefe de investigação.
Ainda de acordo com Godeiro, o primo da jovem, um adolescente de 15 anos, já foi apreendido pela polícia por atos infracionais análogos aos crimes de furto e tentativa de homicídio. A adolescente, que também estava da cena do crime, tem 14 anos. Até o momento, o caso está sendo tratado como homicídio culposo - quando não há a intenção de matar.

Um comentário:

Aceitaremos comentários anônimos. os Comentários Serão aceitos após uma rápida moderação, os conteúdos são de inteira responsabilidade de seus autores, em casos de ofensas pessoais ou injurias processos judiciais podem ser aplicados mediante a quebra de sigilo do seu IP.