Anuncie aqui

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

145º Homicídio em Mossoró 2016: Pedreiro é morto em via pública no Bairro Belo Horizonte

A violência não dar trégua a cidade de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte e o município registra mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo, a segunda em menos de 12 horas. 

Desta feita o crime foi registrado por volta das 05h55min desta quinta feira 11 de agosto de 2016, na Rua Marinho Dantas no bairro Belo Horizonte. 

A vítima, identificada como Manoel Francisco da Mota era natural de Mossoró com 58 anos de idade, foi assassinado a tiros em via pública, a poucos metros da casa onde morava. 

Segundo informações de testemunhas, Manoel Francisco, que trabalhava como pedreiro e nas horas de folga vendia batatinha frita em frente ao teatro Dix Huit Rosado no centro da Mossoró, caminhava pela rua, quando foi surpreendido por um homem que se aproximou e efetuou vários disparos de arma de fogo em sua direção. 

Francisco Batatinha, como era mais conhecido, foi atingido com dois tiros, sendo um na região da cabeça e outro transfixante nas costas. O criminoso fugiu após o delito e até o momento não foi identificado. 

A Polícia Civil, esteve no local, buscando informações sobre o caso, mas no local ninguém quis falar sobre o caso.  O delegado Valtair Camilo de Paiva conversou com familiares, mas o que eles disseram é que a vítima não tinha inimizades e nem era envolvido com ações ilícitas. 

A equipe do Instituto Técnico e Científico de Perícia (ITEP) realizou todos os procedimentos de perícia no local do crime e depois removeu o corpo para a sede do órgão onde será necropsiado e em seguida liberado para os familiares providenciarem o sepultamento. 

Com mais este crime de homicídio registrado nesta manhã de quinta feira Mossoró chega a soma dos 145 assassinatos no ano. Mais um caso para a Delegacia de Homicídios investigar e chegar a elucidação.


Fonte Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitaremos comentários anônimos. os Comentários Serão aceitos após uma rápida moderação, os conteúdos são de inteira responsabilidade de seus autores, em casos de ofensas pessoais ou injurias processos judiciais podem ser aplicados mediante a quebra de sigilo do seu IP.